Lewandowski sonegou impostos por ganhos com publicidade, diz revista alemã

Lewandowski sonegou impostos por ganhos com publicidade, diz revista alemã

O atacante Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, teria deixado de pagar impostos até 2016 sobre os ganhos com publicidade. O crime teria sido cometido na Polônia, onde nasceu, e também na Alemanha, segundo publicou nesta quinta-feira ,4, a revista alemã “Der Spiegel”. Melhor jogador do mundo de 2020, segundo a Fifa, o centroavante recorreu ao que o veículo de comunicação aponta como “truques duvidosos”, após analisar centenas de documentos.

O advogado e amigo de infância de Lewandowski, Kamil Gorzelnik, optou por um tipo de fórmula legal para a empresa que recebia os direitos de imagem do jogador que, devido as brechas na legislação polonesa, dava margem de manobra para a “criatividade fiscal”. “Há riscos, mas é preciso arriscar alguma coisa para conseguir sucesso”, escreveu o advogado ao assessor do atacante, Cezary Kucharski, em mensagem enviada por correio eletrônico obtida pelo “Der Spiegel”.

Gorzelnik, segundo a publicação, fez manobras para não pagar os impostos e ocultar 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) da empresa, para poder declarar prejuízo à receita. “Graças a Kamil, evitei de pagar impostos”, chegou a enviar Lewandowski para Kucharski, em outro e-mail a que a publicação teve acesso. Uma porta-voz do atacante disse à revista que o atleta polonês sempre se manteve dentro da lei e que está cooperando totalmente com as Receitas da Alemanha e da Polônia.

*Com informações da Agência EFE