Em discurso, Bolsonaro cita possibilidade de novas trocas de comando

Presidente afirmou que deve trocar "peças que não estão dando certo"

Presidente afirmou que deve trocar "peças que não estão dando certo"

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, indicou hoje (20) que deve realizar novas mudan├žas em cargos do governo. Ao participar da cerimônia de formatura de alunos da Escola Preparatória de Cadetes (EspCEx), em Campinas (SP), Bolsonaro disse que precisa "trocar as pe├žas que por ventura n├úo estejam dando certo."

Em discurso, o presidente afirmou que há possibilidade de mais trocas na semana que vem, mas sem detalhes.

A declara├ž├úo do presidente foi feita um dia após ele anunciar a troca no comando da Petrobras. Na noite desta sexta-feira (19), em postagem nas redes sociais, Bolsonaro compartilhou uma nota oficial do Ministério das Minas e Energia (MME) que informava a indica├ž├úo do general Joaquim Silva e Luna para o cargo de presidente da empresa. Silva e Luna vai substituir Roberto Castello Branco, que est├í no cargo desde o início do governo, em janeiro de 2019.

Para ocupar a vaga deixada por Silva e Luna, que ocupava o cargo de diretor-geral brasileiro da usina hidrelétrica Itaipu Binacional, Bolsonaro indicou o general de reserva do Exército Jo├úo Francisco Ferreira. O anúncio foi feito por meio das redes sociais do presidente, com uma nota do Ministério de Minas e Energia.

A mudan├ža na Petrobras ocorre em meio a recentes aumentos no pre├žo dos combustíveis e um dia depois do governo anunciar que vai zerar os impostos federais que incidem sobre o g├ís liquefeito de petróleo (GLP) – o g├ís de cozinha – e o óleo diesel.